InícioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Lionel A. Apollovich

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
royal.leão




MensagemAssunto: Lionel A. Apollovich   Ter 21 Set 2010, 4:28 pm

-----------------------------
Dados do Jogador
-----------------------------


Nome: [Lucas Rogério,(Leão)]
Contato: [luki_yu_lucas@hotmail.com]
Localização: [Uruçuca- BA]
Quanto tempo joga RPGs: [3 anos]


-----------------------------
Dados do Personagem
-----------------------------


Nome Completo: [Lionel Atila Apollovich]
Sangue: [Humano e bruxo (Mestiço).]
Data de Nascimento: [07/07/2013]
Onde Nasceu: [Moscou, Rússia]
Onde Mora Atualmente: [Moscou, Rússia]

Casa: [Berkana]
Profissão: [Estudante]
Ano: [Sexto]

-----------------------------
Dados Familiares
-----------------------------


Nome dos Pais: [Gill Herculovich Atila,Leyla Aprhovich Survall]
Outros Parentes: [Patrus Hermerovich Atila (primo),Abel Atila Dionisiovich (irmão)]
Situação Finaceira: [Após encontrar uma época de pura peste e desgraça contínua,a família Atila caiu na miséria.Não significa que sejam pobres,mas para o seu padrão de vida anterior,houve uma grande mudança na situação financeira.Podia-se dizer que os Atilas eram considerados um dos mais ricos clãs da Rússia,considerando-o de classe alta,e de membros pomposos.Após o ataque que sofreram (vide biografia) passaram a ser classe média,mas com alguns bens e mansões ainda mantidos. ]

-----------------------------
Dados Físicos
-----------------------------


Definição do Corpo: [1,85m, 69 kg, Magro,entretando um pouco definido, possúi uma marca de nascença no canto superior esquerdo da boca.Sua pele é parda,já que seu pai é afrodescendente e sua mãe é caucasiana.]
Cabelo: [Negro,Curto, Ralo]
Olhos: [Castanhos mel, Normais]
Outras Características: [Possúi uma pequena tatuagem de uma pirâmide no pescoço,e um furo na orelha esquerda.]
Photoplayer: [-]

-----------------------------
Dados Psicológicos
-----------------------------


Personalidade: [Apesar de aparentar ser uma pessoa aberta e alegre,Lionel possúi uma especie de "momento paradoxo",onde um lado obscuro tenta tomar as decisões importantes.É sarcástico e usa a ironia como sua maior ferramenta para se conseguir o que mais se deseja.]
Qualidade: [É amigo,tem talento para a utilização de feitiços,Sabe utilizar a verdade como uma arma potente nos momentos de aperto.]
Defeitos: [Por ser muito sarcástico,as vezes fere as pessoas que gosta,principalmente por conta do seu lado frio e calculista que carrega no íntimo do sub-consciente.]
Habilidade: [-]

-----------------------------
Inventário
-----------------------------


Varinha: [25 cm,revestimento de tronco de salgueiro, Núcleo de ligamento do coração do dragão, Coloração preta,um pouco ondulada.]
Animal de Estimação: [Coruja]
Objeto Mágico: [Pó escurecedor]

-----------------------------
Biografia
-----------------------------

["A varinha apontava firmemente para o senhor,já de idade.Ele ofegava,tentando manter seu corpo firme,mas a unica coisa que conseguia pensar era no seu neto,espremido em um armário,escondido na porta atrás do seu corpo já derrubao.
Na sala de estar,os móveis estavam todos devidamente atirados para os lados,os vidros das janelas e do lustre estilhaçados no chão,e a porta atrás de um vulto encapuzado que segurava a varinha estava no chão,derrubada provavelmente através de magia.
Os dois homens se olharam por um instante,criando uma longa pausa onde só se ouvia os guinchos soltados de dentro do quarto.
-Não faça isso...-Rogou Liori Atila,suspirando.-Não mate meu neto! Não me mate!
Um trovão iluminou todo o céu,irrompendo entre as nuvens pesadas e negras que se arrastavam lentamente sobre a iluminadíssima Moscou.
-Agora que está sem a varinha você suplica pela vida Liori?-Disse em resposta.Sua voz era suave,lenta e com um leve sotaque inglês.-Pois eu não irei matá-lo.
O velho assentiu com a cabeça,sentindo um sincero alívio,mas mal sabia ele que todo um plano estava por trás daquilo tudo.
Liori foi reunindo forças e se levantou do chão.Sua mão ferida com um estilhaço do vidro se apoiou no pé de uma mesa emborcada.O senhor examinou de cima a baixo o bruxo ainda de varinha erguida,entretanto não pôde identificá-lo,já que o mesmo encontrava-se trajando uma enorme capa negra e sua cabeça estava coberta por um capuz.
-Eu jamais mataria meu próprio avô,é claro.-Riu-se o homem,puxando o pano que cobria sua face,exibindo um rosto pálido e magro,porém jovem,com olhos fundos e negros.Aparentava ter uns vinte anos.
Outro relâmpago estralou as nuvens,fazendo um feiche de luz invadir o cômodo através das janelas destruídas.Liori boquiabriu-se vendo que o próprio neto apontava para ele uma varinha,e estava ali,de prontidão para executá-lo.Simplesmente não podia,não queria,não conseguia acreditar que estava naquela situação para proteger seu outro neto,herdeiro de todas as Terras da família,do seu próprio primo.
-Merollovich-Berrou,seus olhos marejados.-Merollovich! Como pôde trair a própria família?
O rapaz nada respondeu por um instante,mantendo seu braço erguido.
-Família?A Irmandade já levou quase tudo que pertencia ao clã! Agora eu faço parte! Eu quero uma parte para mim,e minha missão é executar o herdeiro legal de todas as terras...-Seu olhar acentuou-se levemente para a porta atrás de Liori.-Se você se por diante de mim para proteger Lionel,irei te matar também vovô.
Os dois trocaram olhares demorados,quando em um estalo,quatro homens vestindo roupas finas,suas peles pálidas,caninos afiados e retinas verticais,apareceram do nada no meio da sala,entre os dois bruxos.
Acabaram de aparatar,e pareciam ter uma missão a ser cumprida,assim como Merollovich.
-Rapazes,o jantar de vocês.-Disse suavemente,baixando a varinha.
O velho tentou reagir,mas os vampiros foram mais rápidos.Avançaram contra ele em alta velocidade,mordendo quaisquer parte que podiam.Seu olhar desesperado fitou a porta às suas costas e ele pôde ver um olho castanho emergir da escuridão...Assustado,porém,curioso.
Sangue espirrava para todas as partes enquanto Liori parecia perecer à força dos vampiros,e depois de alguns instantes ele finalmente estava morto.Merollovich desviou sua atenção do cadáver para a porta do quarto,de varinha apontada para o rosto inexpressivo de Lionel.
Estava pronto para morrer,assim como seu avô,mas naquele exato instante um casal acabara de aparatar,cada um de um lado,ambos de varinha apontada para o bruxo malfeitor.
-Estupefaça!-Berraram juntos,os pais do garotinho de quatro anos.E Merollovich tombou para trás,desaparatando e recebendo apenas um encantamento.
Gill e Leyla abraçaram Lionel,e juntos os três se transportaram para longe dali."


Assim era a vida de Lionel.Um jovem alegre que escondia uma pertubação que insistia em destruir seus sentimentos com lembranças amargas e momentos de felicidades ao lado dos seus pais e seu irmão.
A ausência do seu avô sempre fora uma lacuna em sua personalidade,isso porque ele tinha uma grande afinidade mútua pelo mesmo.O Clã Atila,após seus momentos de glória passou a ser perseguido por caçadores de recompensas,para que suas terras,mansões e bens materiais podessem ser confiscados.
Apesar do grande saque,ainda restaram muitos imóveis,instrumentos mágicos e áreas à disposição do clã.Lionel era o herdeiro disso tudo,porquê seu avô Liori confiou a ao neto uma difícil missão de recuperar tudo que a família havia perdido em momentos de imprudências.
Ele acreditava que a melhor educação era a mais rigorosa e desde que Lionel era pequeno ele sonhava que o jovenzinho estudasse em Durmstrang,por isso fez um acordo com o antigo diretor,garantindo uma vaga ao bruxo.
E o rapaz viveu até ali,sempre fugindo e se afugentando na escola,cursando dessa vez o sexto ano de estudos.]





-----------------------------
Teste de Ação
-----------------------------





Ele corria entre os corredores da escola,uma gota de suor escorreu pela sua testa.O cansaço já era eminente e o pavor estava estampado no rosto de Lionel.Sua respiração saía como arquejos,e embora não quisesse admitir,estava realmente perdido.
Não sabia utilizar nenhum feitiço realmente potente para derrubar aquele saqueador que tentava invadir a sua casa.Por amargura do destino seu pai havia viajado para resolver problemas do ministério,e sua mãe andava pelos imensos jardins da mansão (Ela considerava aquilo uma terapia).
O homem avançava contra o garoto,soltando lampejos coloridos para todos os lados,entretanto,com o resto de força que lhe restava ele se atirava para os lados na tentativa de desviar-se dos feitiços.Quando sua disposição acabou,um encantamento acertou-o em cheio nas costas,fazendo Lionel tombar perto das enormes vidraças de onde via-se o jardim.
Uma dor muscular se sucedeu por todo seu corpo,e ele não conseguia alcançar a varinha no bolso traseiro,mas lembrou-se de um instrumento que seu avô havia lhe dado antes de morrer perante seus olhos.Era uma pedrinha escura,sem formato fixo,isso porque vivia se mechendo.
Apertou-a com força no momento em que o invasor ergueu a varinha para executá-lo,e uma fumaça incrivel e absolutamente negra se expandiu por todo o corredor,limitando-se apenas às vidraças.
O saqueado disparou um feitiço às cegas,sem enchergar nada,quando Lionel percebeu que sua ultima e mais segura opção era aquela que ele tinha em mente.
Então confiando nos seus extindos,o jovem atirou-se pela janela e por um milésimo de segundo pensou que iria se espatifar no chão,mas seu corpo paralisou-se após ouvir a voz da sua mãe entoar:
-Arestum Momentum!-Gritou de varinha erguida,fazendo o filho parar no ar,evitando uma queda.

(...)

No fim estava tudo bem.O invasor havia sido vencido pela mãe dele,e a decisão estava tomada: "-Lionel estará mais seguro nas terras de Durmstrang do que em casa."

Voltar ao Topo Ir em baixo
Shadow




MensagemAssunto: Re: Lionel A. Apollovich   Seg 18 Out 2010, 1:35 am

Olá Seja Bem Vindo a Durmstrang!

Meu nome é Shadow e serei sua selecionadora...

1º Peço que faça a alteração do seu nome, pois concordamos que todos os Nomes/Sobrenomes devem se iniciar com letra maiúscula. Portanto assim que fazer essa alteração eu voltarei a lhe avaliar.

2º Peço que escolha um avatar.



Assim que fazer essas alterações, basta responder que voltarei a avaliar.

Aguardo as alterações.
Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Lionel A. Apollovich
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Manual do Usuário :: Cemitério-
Ir para: