InícioFAQBuscarRegistrar-seLogin

Compartilhe | 
 

 Ramona Florence Guadalupp

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Ramona Florence Guadalupp




MensagemAssunto: Ramona Florence Guadalupp   Seg 24 Maio 2010, 5:37 pm

informaçoes da player na ficha de belle ou marie
* RAMONAFLORENCEGUADALUPPE !*



Nome completo: Ramona Florence Guadaluppe
Sangue: Nascida trouxa
Data de nascimento: dezoito de maio de dois mil e catorze.
Idade: Quinze anos.
Local de nascimento: Madrid, Espanha.
Onde mora atualmente: Madrid, Espanha.



* DADOSFAMILIARES !*

Nome do pai: Garret Guadaluppe
Nome da mãe: Maitê Guadaluppe
Nome dos Irmãos: Filha única
Avós: Melina Roose, Danilo Roose/Leticia Guadaluppe e Kyle Guadaluppe
Situação Financeira: Classe-média.


* OFISICO !*

Altura: 1,71
Cabelo: Cabelo ruivo, liso, e na altura do busto.
Olhos: Verdíssimos.
Avatar: Emilly Browning

* APISICOLOGIA !*

Personalidade: Sensível. Eu sou um alguém que é muito sensível. Pra mim, o amor é a coisa mais importante no mundo. Tenho muito medo de amar, ou até mesmo falar sobre Miguel. Ah! Miguel Wondergueld. Um verdadeiro príncipe encantado. Não, não digo com cavalo branco e tudo. Ah, você me entendeu. Mas só digo uma coisa: eu sou sensível.
Anseios: Verdadeiramente, meu maior sonho é ser feliz. Esse é meu maior desejo. Ter felicidade, paz e amor.
Qualidades:
+ Amiga
+ Paciente
+ Corajosa
Defeitos:
+ Sensível
+ Perfeccionista
+ Tímida
Medos: Morrer. Meu maior medo é morrer.
Habilidades: Animagia


* AESCOLA !*

Ano:
5º ano
Casa: Mannaz
Monitoria: Sim, monitoria chefe.
Vassoura: Narcise 102
Varinha: Dobrável, pena de fênix, azevinho, 22 centímetros
Animais: Bearks, o gatinho

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ramona Florence Guadalupp




MensagemAssunto: Re: Ramona Florence Guadalupp   Ter 25 Maio 2010, 8:10 pm

* AHISTÓRIA !*


* ONASCIMENTO !*
Na boa. Eu acho que no momento que eu cheguei ao mundo não foi lá um dia muito especial, ou foi? Eu não sabia nem meu nome (nem meus pais, rs), e como pode ser o 'momento maravilhoso'? Não sei. Mas se é pra contar tudo detalhadamente, lá vou eu, né.
Mamãe estava no quarto da maternidade quando... blábláblá. Já enjoei dessa coisa, uh-uh. Na verdade, eu vou contar verdadeiramente o que meus pais fizeram, e foi REALMENTE estranho:

Era tarde de quinta-feira, e meus pais resolveram ter um bebê. De uma hora para outra (não sei como, juro), mamãe engravidou de papai (óbvio, eerrr). Mamãe era totalmente louca. Sim, mamãe era piradona, e cantora. Mamãe era, digamos... ROQUEIRA. Cabelo arrepiado, preto e todo desfiado. Roupas apertadas, rock'n'roll, e muita maquiagem. Papai já era o oposto disso (não sei como foram se gostar). Papai era quase um nerd. Certinho, riquinho, então, um completo mauricinho. Dessa gravidez, nasci eu.
Então, tá bom assim? Só pra constar, mamãe era super enjoadona. *-*


* AINFÂNCIA !*

Cresci sem contato nenhum com meus pais. Papai trabalhava com informática, e mamãe com suas turnês mundiais. Raramente eu os via.
Fui criada por uma babá. Eu não sei o nome dela, mas a chamava de Nanna. Ela era muito legal, amorosa e tal. Mas eu acho que ela não era assim normalmente, não quando eu não estava presente. Mas eu não ligo pra isso.
Voltando...
Vivi minha vida inteira em Madrid, ou em uma cidade muito próxima que só minha mãe sabe o nome. Mas eu moro em Madrid agora, e não faz diferença.
Bem, minha infância foi muito chata, até os nove.

Estava eu e Nanna, juntas brincando de boneca (qualé, eu tinha nove anos !), quando um calor começa a incendiar o ambiente. Fogo? Sim, fogo maldito. Minhas pernas pareciam feitas de chumbo, e pareciam fincadas no chão. Nanna tentava apagar o fogo, mas ele subia mais a cada tentativa. Eu tinha feito aquilo. De repente, o fogo pareceu engolir toda a sala. Nanna me empurrou para fora do quarto e logo eu não a vi mais. Mas ela tinha se ido, e nunca mais voltaria. Ajoelhei-me sobre o fogo maldito, e esperei ele engolir-me, mas nada aconteceu. Só o que me restou fazer era ficar em silêncio, e caso alguém perguntasse, Nanna tinha desaparecido.
Dos nove aos onze, minha vida foi uma desgraça. Eu tinha recebido uma nova babá demoníaca, chamada Lesly. Ela sempre me odiara, e eu sempre a odiara. Então, eu recebi uma carta medonha: "Você, Ramona Guadaluppe, possui magia. Queira arrumar seus pertences e partir imediantamente a estação de trem e partir para a Bulgaria. Lá explicaremos tudo. Aqui alguns Búlgaros para ti. E eu obedeci. Praticamente fugi de casa, mas fui para a Búlgaria. Lá me contaram e parariparará. Você já deve saber o resto, né. Fui pra tal escola e BUM, fiz muitos amigos.


* AMAGIA !*


Então. Eu cheguei em Durms e me enturmei facilmente. Claro que existem uns idiotas preconceituosos com meu sangue, mas eu já nem ligo mais. Como dizia minha mãe sobre as críticas: Entra por um ouvido e sai por outro.
Bem, passei o primeiro ano em paz. Nada de brigas, nem nada. Na verdade, eu gostei tanto da magia, que logo fui treinar para animagia. Eu estou até hoje controlando minha animagia, mas já me transformo e tudo, mas com o instrutor do lado. Descobri que meu patrono era um coelho, e fiquei feliz, por que coelhos são tão felpudos e bonitinhos, own.
No segundo ano, aí o negócio já complicou. Fiz uma inimizade com uma tal de Sarah, sem motivo nenhum. Nos odiamos, e ponto. Nesse ano, eu também conheci Miguel. Quando eu o vi, foi amor a primeira vista. Ele parecia brilhar ou algo do tipo. Só sei que desde aquele dia, a três anos atrás, eu sou apaixonada por ele.
No terceiro ano, dominei a arte de me tranformar em um guepardo. Mas qual a diferença de um leopardo e um guepardo? O leopardo é mais rápido, mas nem por isso eu fico falando: quero ser um leopardo.
No quarto ano, não tive aventuras. Só lutei com um comensal da morte, sabe? Eles já invadiram Durmstrang uma vez, e eu lutei com três ou quatro. Como eu já sabia me transformar em gueparda, fui logo pro pescoço de um e POW ! tchau. Pois é, matei um homem.
Hoje, eu estou no quinto ano, e pronto. Será que algo me aguarda?


* ANIMAGIA !*
teste de ação, OH!

Eu vou dizer pra vocês: eu matei um comensal. Bem, eles tinham dominado Durms, (juro que não sei porque, vai lá entender esses comensais)e eu já sabia muitissimo bem transformar-me em gueparda. Claro que magia não é lá meu forte, e eu não sou rápida na forma humana. Então transformei-me.
Logo de cara, fiquei meio zonza. Era minha primeira vez sem o instrutor ao lado, e eu não sabia muito bem se feitiços faziam algo com o bruxo em forma de animago. Mas sei lá, parti pra cima e derrubei o grandalhão no chão. Minhas patas unhudas (unhudas=unhas afiadas) arranharam-ne e eu já o tinha ferido. Logo resolvi que a única solução era rancar a carne do pescoço do cara, e CLACK, comi uma parte dele. Eu até achei saboroso, mas quando voltei pra minha forma humaana senti gosto de lama. UH-UH. Logo depois fui lutar com mais comensais, mas com varinha.

podre pakas, mas ):



Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: Ramona Florence Guadalupp   Qua 02 Jun 2010, 3:56 pm

Olá, Bem vinda Srta. Guadalupp


Vamos a sua seleção:


Dados do jogador:

- Ok

Dados do personagem:

- Ok

Dados familiares:

- Ok

Dados Fisicos:

- Ok

Dados Psicológicos:


- Não consideramos Perfeccionismo como um Defeito, peço que altere.

Dados escolares:

- É meio impossivel de se obter uma varinha 'dobravel', o mais provavel será Flexivel, peço que corrija.

História

- Monitoria em Avaliação.

Teste de Habilidade:


- o Teste de ação é um post de sua transformação, não uma história sobre a invasão. Sua habilidade foi VETADA

Aguardo sua Edição



Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Ramona Florence Guadalupp   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Ramona Florence Guadalupp
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Manual do Usuário :: Cemitério-
Ir para: